Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

sábado, 23 de novembro de 2013

Mulher de quarenta


Mulher de quarenta

Senhoras e lindas  mulheres,

 ternura  que aflora e que se sente na pele,

mulher que se impõe através de sua vivencia,

mulher madura  e serena,

 uma bela mulher de quarenta.

 

Inteligente, sensual de um modo diferente,

mulher que conquista  com  um olhar,

 aquele que penetra fundo em nossa mente.

 

Delicada e elegante,

 atraindo para si olhares,

algo que avulsa  a curiosidade dos homens á todo instante.

 

 

Intelectual e também moderna,

formada pelo tempo na escola da sobrevivência,

 mulher que alia sabedoria e também paciência.

 

Tu és uma menina de quarenta,

aquela que em nova fase adentra,

não mais para aprender,

pois no passado já ficou toda sua inocência.



Maravilhosa, a mais bela flor,

 humilde e vistosa, mulher forte,

 verdadeira e vitoriosa.

 

Receba esta homenagem sincera,

 de um apaixonado que sonha em estar á seu lado,

 acariciar seus cabelos cacheados,

lhe abraçar com carinho  e cuidado,

 sendo seu o resto da vida,

um  companheiro de jornada, enfim,

estar com você até altas horas da madrugada.

 

Mulher envolvente que conquista,

sensual de  um modo diferente,

com seu jeito sorridente,

 mostrando á todos que também é independente.

 

Com os cabelos lisos,

cacheados ou ondulados,

 talvez até com um brilho exagerado,

 és ainda uma pequena,

 jovem e linda mulher de quarenta.
 
 
Texto de Jean C. de Andrade 
Adquira os Livros do autor neste Link: https://www.clubedeautores.com.br/authors/11605 Jean C. de Andrade é autor com vários Livros publicados no Clube de Autores