Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

terça-feira, 15 de novembro de 2016

O QUE SINTO...

Poetas são assim:

O que faço é simples: apenas coloco o meu ponto de vista em relação as coisas existentes, apresento o meu entendimento pessoal sobre o que está aí, "flores, vento , água, terra"... Enxergo uma energia inexplicável, todo poeta tem esta mesma percepção, para nós tudo se torna poesia, tudo se torna inspiração, tentamos enxergar além do que a vista alcança, assim observamos detalhes e ficamos maravilhados por tal descoberta...Cores e sons... Como explicar tais devaneios para alguém que não acredita na existência divina? Para quem não sente, não ouve, não vê? Assim, nos escondemos atrás de uma suposta loucura, uma visão, um delírio... Mas vivemos e sentimos intensamente a beleza e a energia que Deus nos proporciona através destes presentes, pois enxergando e sentindo, percebemos o maior dos milagres, a vida...

"Enxergamos além do que os olhos veem"


#escritorjeanandrade