Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

terça-feira, 19 de abril de 2016

DOCE ILUSÃO


Doce hipocrisia que assisto todo dia, governantes corruptos que vejo lá em cima, se aproveitam da bondade da nação, governantes rindo de quem chora e dorme no chão.

Há! Que doce ilusão, pensar que o nosso país logo se livrará da corrupção, condenados e investigados que fazem parte de uma facção, ainda estão lá, tramando e combinando outro modo de enganar a nação.

Eu digo sim eu digo não, por minha família, por minha sogra e por minha parte no mensalão...
Há! Que doce ilusão, ficar assistindo a Presidente se defendendo e achando que ela é vítima do “Petrolão”, há que triste situação, ver milhares de pessoas com vermelho, brigando e fazendo feio, defendendo ladrão.

O dólar subindo, a bolsa inflamando, o filho chorando e povo lamentando...

Nosso dinheiro está acabando...

O que fazer contra este criminoso bando? 

Rezar e torcer para que a justiça se faça e acabe com este desmando, cusparada, achincalhada, deputados dando risada em uma falta de decoro... 

Pelo amor de Deus pedimos uma luz, só nos resta confiar no Juiz Sérgio Moro.


(Jean C. de Andrade)