Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Poetizando com as flores - Primavera

Poetizando com as flores

Como é diferente o colorido das flores,
que de muitas cores enfeitam de forma vibrante,
sendo assim, presente em momentos importantes.

O que comparar com a beleza de uma flor?
Algo que a natureza nos dá de graça,
colorindo a vida e celebrando o amor.

Com elas tudo se torna mais bonito,
a natureza se mostra maravilhosa,
assim observamos o verde da grama na imensidão do campo,
contracenando com o vermelho,
 revelando aos nossos olhos a beleza de uma rosa.

Junto com ela a outra  que se observa,
não menos bela, manhosa e singela,
também uma linda azaleia.

Bem me quer ou mal me quer?
Por que faz isto com as pétalas de uma vida?
Matando aos poucos, deixando transparecer sua tristeza,
acabando assim com a inocência de uma margarida,
causando um choro em  outras flores que assistem tão cruel cena,
 parece á nossos olhos inocente, mas é um fato deprimente,
 fazendo chorar tristemente, também a bela açucena.

Descrevendo a beleza de certas flores,
me lembro também do tempo de criança,
tempos de alegria e de esperança,
tempo em que  queríamos mudar o mundo mergulhados na ilusão,
 me diga falando baixinho, qual criança nunca soprou um dente de leão?

Aquela linda florzinha  que com pouco vento,
ganha o mundo e voa na imensidão.

Flores que existem e que são mais de um milhão,
elas enfeitam nossa vida, fortalecem o amor e dão um colorido á  nosso coração.

Alfazema, Amarílis, Amor-perfeito, Begónia,  Beladona,
Betonica, Bogarim, Bonina Brinco-de-Princesa, Copo-de-leite,
Coroa Imperial , Cravo,  Crisântemo e o lindo Alecrim,
também a Gardénia, Girassol e a Hortênsia que estão em todo jardim.

Quando recebemos uma ou duas flores,
dizem que temos muita sorte,
mas recebemos muito pouco enquanto estamos vivos,
pois o que vejo é o contrário, recebemos muitos mais depois que morremos,
sendo assim, elas enfeitam além da nossa vida, também a nossa morte.

Pensamento tive agora, neste exato momento em que escrevo,
elogiando todas as flores e colocando todas em um mesmo contexto,
minhas palavras saem junto á lágrimas,
assim eu ás comparo também á flores,
que enfeitam o mundo de quem ás ouve,
sendo uma surpresa á mais, para amantes e muitos amores.


- Jean C. de Andrade-

(Extraído do próximo livro de Jean C. de Andrade, Compartilhando Poesias)




Conheça os Livros do autor neste Link: ´
https://www.clubedeautores.com.br/authors/11605 Jean C. de Andrade é autor com vários Livros publicados no Clube de Autores...
Blog Oficial do autor: http://profjeanandrade.blogspot.com/

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

"Estrada" de autoria do escritor Jean C. de Andrade na Câmara Catarinense do Livro

A Poesia "Estrada "  de autoria do escritor e Poeta Jean C. de Andrade, foi publicada pela Câmara Catarinense do Livro - esta publicação está no Livro Poesias para a Vida "Trânsito"
Veja a poesia na Integra...


Estrada
A Estrada é algo que a todos fascina,
sendo misteriosa e longa,
 nos reserva a cada quilômetro,
 descobertas  que até servem como poesia.

Cidades e fronteiras existem ás margens de cada Rodovia, estradas duplicadas, estradas com uma só via,
Cortam nosso Brasil quem nelas trafega com imensa alegria.

Descobrindo gente nova, um povo diferente,
moradores do Sul e do Norte,
gente que vive e trabalha  com um sorriso contente.

A estrada reserva estas descobertas,
conhecer um povo do Sul e também Nordestino,
 separados por uma distância,
 mas que cantam um mesmo Hino.

Riquezas trafegam do Sul ao Norte,
carregadas em carrocerias de imensos Caminhões,
 realidade de quem vive e trabalha no mundo do transporte.

Estradas asfaltadas, duplicadas ou mesmo de chão,
estradas onde passam automóveis,
motocicletas e também meu caminhão.

Estradas de asfalto ou mesmo de chão,
estradas do Sul e do Norte,
também estrada que vai para o Sertão.

Estrada de alegria, misteriosa de descobertas e emoção,
 como sou feliz  em passar por ela  acelerando o meu carrão.

Perigos e tristezas também existem,
têm de se tomar muito cuidado com aproveitadores
 e também com o ladrão.

Mas eu que sou prevenido,
 faço sempre uma prece em sinal de oração,
 pedindo para Deus que me mande em benção sua proteção.

Assim com muita calma  e tranquilo passo pela estrada feliz e sorridente, acelerando o meu caminhão.

-Jean C. de Andrade-






Conheça os Livros do autor neste Link: 
https://www.clubedeautores.com.br/authors/11605 Jean C. de Andrade é autor com vários Livros publicados no Clube de Autores...
Blog Oficial do autor: http://profjeanandrade.blogspot.com/

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Triste Realidade Atual...

Às vezes a gente acaba vendo coisas aqui na web que acaba nos assustando e até nos chocando, nos faz pensar como anda o mundo  atual, de repente vejo uma imagem  triste e assustadora de um rapaz gay  muito jovem que foi morto em Goiânia, abandonado em um local qualquer e  em sua boca um bilhete , algo triste, Maldita hora que vi uma das fotos ...
É de se assustar que em pleno século 21, entre tantas novidades e modernidades, ainda existam pessoas que têm este  tipo de preconceito...
Talvez quem se incomoda muito com um homossexual,  esconde dentro de si um desejo igual...
O Respeito vale para ambas as partes, seja heterossexual ou homossexual , casais devem se respeitar  e respeitar o local onde estão, seja na rua, bares e restaurantes, o respeito não é somente dirigido ao gay , mas também aos que se definem  “normais sexualmente” o mundo está com um ódio sem sentido! Ninguém mais se respeita, falta Deus em corações alheios, Jesus disse um dia, “amai-vos uns aos outros como eu vos amei” e  não “amai-vos apenas um e outro”...
Todos nós somos filhos de Deus e merecemos a mesma atenção, somos seres  únicos e criados a imagem do amor.
Que a morte deste jovem não seja em vão!!!


(Jean C. de Andrade) 





Conheça os Livros do autor neste Link: ´
https://www.clubedeautores.com.br/authors/11605 Jean C. de Andrade é autor com vários Livros publicados no Clube de Autores...
Blog Oficial do autor: http://profjeanandrade.blogspot.com/
 

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

A Linda Mulher Brasileira

Mulher Brasileira, poema do Livro "Pensamentos Poéticos" de autoria do escritor e poeta Jean C. de Andrade, esta poesia fez parte de uma antologia com outros 122 poeta do mundo e  que foi lançada em Genebra na Suiça.

Conheça os Livros do autor neste Link:https://www.clubedeautores.com.br/authors/11605 Jean C. de Andrade é autor com vários Livros publicados no Clube de Autores...

Pensamentos do Escritor Jean C. de Andrade








Conheça os Livros do autor neste Link:https://www.clubedeautores.com.br/authors/11605 Jean C. de Andrade é autor com vários Livros publicados no Clube de Autores...