Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

quinta-feira, 14 de março de 2013

Nosso Papa Francisco I


NOSSO PAPA

Brincadeiras á parte, brincar faz parte de nós seres humanos,brincamos ,damos risadas e nos divertimos,sempre com respeito é claro,brincar sobre o Papa ser Argentino e tal é um fato inocente e engraçado,pois estamos á comparar com nossa rivalidade futebolística,não é uma falta de respeito,á pouco brinquei com um Padre sobre o fato e ele deu muita risada,porém não podemos comparar um Papa e sua missão que á meu ver é de grande dificuldade  com o futebol,ganhou um Argentino,perdeu o Brasileiro???

Não!!!

 Ganhamos todos nós,pois a Igreja hoje está com um Papa Latino,o primeiro Latino Americano,um homem de grande inteligência e humildade,com um semblante tranquilo e sereno, Francisco foi a sua escolha,talvez São Francisco de Assis,ou São Francisco Xavier,nos mostrando um ensinamento de amor e caridade,sua primeira aparição ao público fiel foi de arrepiar, direcionou um Pai Nosso e uma Ave Maria  á Bento XVI  fez  com que tradutores rezassem sem perceber,nos fez  lacrimejar de felicidade e esperança de que ainda estamos no caminho certo.A Igreja tem problemas,mas qual família não os têm? Um pai sofre para educar um filho, ou filhos problemáticos, o Papa também sofre com os mesmos filhos, mas a educação sempre vem quando se tem firmeza e também carinho. Um Padre ou Cardeal pode se aposentar aos 76 anos, “não tenho a devida certeza”, aposentar-se de uma vida de trabalho duro,descansar,viver o resto de vida que ainda tem,o Papa ao contrário começa uma missão duríssima,resolver os problemas de uma Igreja inteira,é certamente uma missão muito difícil,ele não ficou rico,seu trono não é de ouro,ele é humano,mas abraçou esta causa pelo bem de uma grande nação Cristã,o que devemos fazer então? Rezar e apoiar,torcer para que cada decisão de Francisco I seja como um GOL,mas não um gol Argentino ou Brasileiro,mas sim um GOL MUNDIAL, triste seria ficar como muitos que vejo,atacando a religião alheia,devemos sim denunciar o erro de alguns religiosos,mas nunca atacar com crueldade a religião e assim ofender quem nela acredita,um religioso atacar a crença de outro,me desculpe,mas particularmente acho que este tal não sabe nem o que diz e muito menos o que pensa,devemos sim ter abertura  e diálogo com todas as crenças  e o mais importante,respeito,seja você Judeu,evangélico, budista e muitas outras denominações que existem,mostre que você é um sábio, respeitando,mesmo não concordando com tais ensinamentos,atacar e brigar ofendendo,nunca foi e nunca será o certo e algo inteligente de se fazer.

O Papa é de todos nós e estamos  com ele e pela Igreja Sempre,pois somos da Igreja  Católica Apostólica  Romana!!!!

VIVA FRANCISCO I !!!!

Jean C. de Andrade, escritor e Poeta com sete Livros publicados.