Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

sexta-feira, 29 de março de 2013

Traição...


TRAIÇÃO.....

 A traição de Judas com Jesus foi tão diabólica, que um dos antigos pais da igreja disse: "Teria sido bom para o mundo, que não houvesse mais traidores além de Judas". Em outras palavras: teria sido bom se só existisse um Judas. Mas o mundo está cheio de Judas! A Igreja e nós ainda testemunhamos que Jesus Cristo é constantemente traído todos os dias,sendo assim particularmente observado por minha pessoa,que o espírito de Judas está muito vivo nos corações de antigos e atuais seguidores de Cristo e da própria Igreja,isto é fato.faço uma dura pergunta aqui,forte e talvez doída. _ Será que você poderia ser um traidor de Cristo e não o sabe? Você vendeu Jesus e o traiu? Traidores são aqueles que antes eram leais a quem traem. Só os de dentro do grupo podem trair.Talvez você traiu a pessoa que mais gostava e não sabe disso,a pessoa que muitas vezes ceiava contigo,que ria junto com você das mesmas piadas,da pessoa que você tinha por irmão(a) e melhor amigo(a) .Talvez você nem tenha se dado conta disso,traiu sem querer,mas traiu e magoou quem não merecia e marcou a vida desta pessoa com um sentimento de dor e tristeza, talvez infinita.... Duro pensamento, não é mesmo? Mas é um pensamento que refleti comigo mesmo solitário aqui,pois devemos ter este cuidado á todo momento para não nos igualarmos á Judas,para não mandarmos nosso semelhante para as mãos de Pilatos e Erodes,ou seja, para morte,talvez não de Cruz,mas a morte que se chama decepção ...Hoje é um dia para reflexão,eu tenho uma grande fé e a história me motiva também á tê-la,Jesus existiu de fato,a história é clara,está nos livros está no tempo,aliáz o tempo se dividiu entre antes e depois dele,hoje é um dia em que entristecidos relembramos da morte do filho de Deus, morto por suas criaturas,morte cruel,com requintes de maldade extrema á um ser, imagine sua mão sendo transpassada por um enorme Prego á golpes de marreta,isto após ter sido por horas açoitado e chutado,Jesus passou por isso e foi por você e por todos nós que isto aconteceu.... Sexta Feira Santa,Sexta Feira da Paixão de Cristo!!!

 -Jean C. De Andrade-

quinta-feira, 21 de março de 2013

Poetas Brasileiros lançam livro na Suíça


 

Poetas Brasileiros lançam livro na Suíça



Duas antologias participam da festa literária: uma de moradores do Calabar e outra com 122 poetas do mundo inteiro

Valdeck Almeida de Jesus participará do 27º Salão do Livro e Imprensa de Genebra (Suíça) e vai lançar, no estande D426, do Varal do Brasil, dentre outros, os livros "Abre a Boca, Calabar" (Capa: Carlos Conrado Spykezem) e "Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus - 2012", com capa de Nilda Lima Graeser. O Salão do Livro acontece no Palexpo, de 1º a 5 de maio de 2013, das 9 às 19 horas, e reúne literatura e imprensa do mundo inteiro. O convite foi feito pala escritora Jacqueline Aisenman, que participa da feira pela segunda vez com um estande da Editora Varal do Brasil. Jacqueline é brasileira e mora em Genebra há mais de vinte anos, sempre envolvida com cultura e literatura. Além de expositora, ela também promove a revista eletrônica Varal do Brasil - literário sem frescura!, que divulga milhares de escritores.

A nova edição do livro "Abre a Boca, Calabar" (Pimenta Malagueta Editora), resultado do concurso literário realizado pela Biblioteca Comunitária do Calabar, foi lançada em 2012 na sede da instituição, em Salvador-BA. Nas edições de 2009 e 2010, o projeto foi idealizado e patrocinado pelo jornalista e escritor Valdeck Almeida de Jesus, que continua incentivando a iniciativa. Em 2012 a publicação recebeu apoio da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), por meio do edital Calendário das Artes. A obra prestigia jovens do bairro Calabar e reúne os 50 autores que participaram das edições anteriores.

Escritores do livro
A edição de 2012 tem poemas de: Amanda Beirão, Ariana Santos Veloso de Jesus, Bruna Santos de Jesus, Caique Neri Brito, Caissa Pita Vasconcelos, Cauan Roque Almeida dos Santos, Crislanda Neves, Eberton de Jesus, Ester da Silva Moraes, Fabio Neves Conceição, Felipe Silva Beirão, Gilson Assis, Iradir Pereira da Silva, Isla Gabriele Santos de Oliveira, Janaina Bonfim dos Santos, Joyce Regia Dias da Silva, Julia Reis Bispo dos Santos, Jussara dos Santos, Kevin Carvalho dos Santos, Keyla Trigueiros Rodrigues dos Santos, Leonardo Conceição, Lucas Santos da Silva, Lucilene Lima Pires, Luís Henrique Beirão Santos, Luís Maurício dos Reis Soledade, Marcos Peralta, Joara Ledoux, Marcos Vinicius, Maria do Carmo Abade Bento, Maria Luiza Lacerda, Mel Oliveira, Milena Borges dos Santos, Nadson Almeida Beirão, Nicolas Dias da Silva, Nubia Trigueiros Rodrigues, Rafael Beirão Dantas, Rafaela Beirão Dantas, Raiane Beirão Dantas, Rayla Bispo Nascimento, Rebeca Trigueiros Rodrigues dos Santos, Robespierre Dantas, Rodrigo Rocha Pita, Samuel dos Santos Moraes, Tacila Cerqueira, Tainá Silva, Talita Trigueiros Rodrigues dos Santos, Tamires Araujo, Tarcisio Trigueiros Rodrigues, Tayná Trigueiros Rodrigues e Wesley dos Santos Lopes.

PRÊMIO VALDECK ALMEIDA
O livro contém poemas de 122 poetas do mundo inteiro, a maioria de brasileiros que participaram do concurso "Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus 2012". A ideia do concurso surgiu em 2005, por iniciativa dO jornalista e escritor Valdeck Almeida, que escreve desde os 12 anos de idade e só conseguiu publicar o primeiro livro aos 39 anos. O projeto tem apoio do Plano Nacional do Livro e Leitura, que divulga a iniciativa no site oficial. O núcleo baiano da União Brasileira de Escritores-UBE, também dá apoio de divulgação ao projeto.


A edição 2012 traz poemas de autores brasileiros e poetas do Japão, Suíça, Inglaterra, Estados Unidos e Portugal. Os dez primeiros colocados foram 1º - Vai, Carlos, vai ser Drummond na vida (Ana Claudia de Souza de Oliveira); 2º - Memórias póstumas de Quincas Borba (Edweine Loureiro); 3º - Vida dura (Éber Sander); 4º - Um desconhecido no canto da sala (Simone Pessoa); 5º - Um Brasil apaixonado por futebol (Arai Terezinha Borges dos Santos); 6º - Monólogo da solidão (Nubia Estela); 7º - Lembranças (Renata Paccola); 8º - Delírios de um Poeta em Desamor (Rossandro Laurindo); 9º - O devorador de livros (Ana Lucas); 10º - É assim, Fulano (Flávia Brito). Os jurados escolheram, também, menções honrosas: Incubus (Ana Claudia de Souza de Oliveira); Crônica de um Fygura (Nádia da Rocha Ventura); O amor de Cler (Expedita Gomes de Araújo); A cigarra e o poeta (Zelito Magalhães); O Macondo de Gabriel García Márquez (Viviana Carolina Mendez Rocha Podlyska); Copa 2014 no país de Jorge Amado (Terezinha Santos de Amorim); A Realidade (Sandro Sussuarana); A intenção (Osmar Santos); A Cidade dos Errados (Marcelo de Oliveira Souza); A menina do raio de sol (Mano Kleber). A lista completa de todos os selecionados está neste link do site Galinha Pulando.

Aqui a lista em ordem alfabética de todos os autores do livro que estarão representados na Feira do Livro e Imprensa de Genebra 2013:

Adail Carvalho de Sales Júnior, Adriana Aparecida de Oliveira Pavani, Adriana Quezado, Alessandro Guiniki Barbosa, Alex Frechette, Aline de Melo, Amélia Marcionila Raposo da Luz, Ana Claudia de Souza de Oliveira, Ana Lúcia Polessi, Ana Maria de Carvalho, André Foltran, Anna Cristina Rodrigues de Oliveira Ramos, Antonio Carlos Altheman, Antonio Cezar de Souza, Antonio Deodato Marques Leão, Arai Terezinha Borges dos Santos, Augusto Felippe da Silva, Bárbara A. Sanco, Beatriz Antonia de Paula Montenegro, Brenda Gomes da Silva, Camila Carelli Moscardini, Carina de Luca, Carlos Henrique Pereira Maia, Carolina Aparecida Vargas Hanke, Catarina de Freitas Barbosa, Clara Elena Saenz Ortega, Clarissa Damasceno Melo, Cláudio de Almeida Hermínio, Cleiton de Oliveira França, Daniela da Cunha, Danilo Souza Pelloso, Dhiogo José Caetano, Diana Camargo, Diego Rodrigues Brandão, Dilma Barrozo Ribeiro Lopes, Dinis Alves Ricardo, Diogo Berni, Domingos Alberto Richieri Nuvolari, Éber Sander, Editt Schimanoski de Jesus, Edweine Loureiro da Silva, Emanoel Ferreira da Silva, Emanoela Nardes, Érico Brena Santos, Ernani Maller, Eulália Cristina Costa e Costa, Expedita Gomes de Araújo, Fernanda Resende, Fernando Augusto Bensabat de Lacerda e Melo, Flávia Assaife Campos de Almeida, Flávia Brito, Francisco José Gomes Correia, Francisco Junior Xavier, Gabriela Andrade Vitor, Gicilene Souza Almeida, Gilberto Lopes Reis, Greice Munhoz da Silva, Guilherme Henrique Ribeiro Cavalcante de Oliveira, Ilda Maria Costa Brasil, Ivaneti Nogueira de Jesus Silveira, Jayme Santos, Jean Carlos de Andrade, Jéssica Damas da Silva, José Luiz da Luz, Juraci da Silva Martins, Karline da Costa Batista, Kleber do Nascimento Silva, Kleberson Marcondes Gonçalves, Leandro Gabriel da Silva Martins Reis, Leinecy Pereira Dorneles, Lourdes Neves Cúrcio, Lucas Expedito Claro Prado, Luciana Zacarias, Marcela Marques Serrano, Marcelo de Oliveira Souza, Marcelo Moreira dos Santos, Marcos Samuel Costa da Conceição, Maria Angela Manzi da Silva, Maria Apparecida S. Coquemala, Maria do Socorro de Melo, Maria Luiza Falcão, Mariângela Padilha, Marne de Oliveira Pimentel, Matheus Costa de Oliveira, Mauricio Antonio Veloso Duarte, Mércia Maria da Silva, Miguel Maria Tavares Caeiro Vanine Olivares, Moysés Barbosa, Nádia da Rocha Ventura, Nilda Lima Graeser, Noilson Abreu Benicio dos Santos, Nubia Estela Strasbach, Osmar Santos, Oswaldo Dourado, Paulo Roberto da Silva Nunes, Rafael Italo Fernandes da Fonseca, Reginaldo Costa de Albuquerque, Renata Cirilo, Renata Paccola, Renata Rimet, Roberto Augusto de Piratininga Ferrari, Roberto Flávio de Souza Acioli, Roberto Leal Fabrício Sanção, Roberto Vicente Coelho, Robson DiBrito, Rosário Bernardo Santos, Roseli Princhatti Arruda Nuzzi, Rossandro da Silva Laurindo, Rui Pedro Pinheiro, Sandro Ribeiro dos Santos (Sandro Sussuarana), Sandro Sansão da Silva Costa, Silvio Parise, Simone Pessoa, Terezinha Santos de Amorim, Thaísa Barbosa da Silva, Varenka de Fátima Araújo, Vera Lúcia Leite, Veridiana Mendes, Victor Hugo Kuroda Feichas, Viviana Carolina Mendez Rocha Podlyska, Wiliam Velozo Samuel Junior e Zelito Nunes Magalhães.

 

Valdeck Almeida de Jesus

segunda-feira, 18 de março de 2013

Meu Texto Publicado na Suíça


Um Texto do escritor e Poeta Jean C. de Andrade em Genebra na Suíça ...

Olha só que notícia legal acabei de receber,um texto de minha autoria que está em meu 6° Livro Pensamentos Poéticos chamado “Mulher Brasileira” fará parte de um Liv...ro com 122 poetas "Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus 2012". Este Livro será lançado no salão do Livro de Genebra na Suíça...FELIZÃO!!!!

Caros amigos e amigas...
É com grande alegria que divulgo a notícia de que nosso livro "Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus 2012" foi um dos escolhidos para ser lançado durante o 27º Salão do Livro e Imprensa de Genebra (Suíça), que acontede de 01 a 05.05.2013, no Palexpo.
Por favor, leia a matéria completa e, se puder, divulgue em blogs, sites, envie para amigos, imprensa em geral, Facebook, Orkut etc. Quanto mais divulgar, mais o trabalho de cada um dos 122 poetas do livro se tornará conhecido.
Aqui vai a matéria completa neste link:
http://www.recantodasletras.com.br/redacoes/4193140
Verifique, por favor, que, dentro da matéria tem um link para outro texto que contém o nome de todos os poetas do livro

Sugiro que abram o link, pois alguns poetas não fazem isso.
http://www.galinhapulando.com/visualizar.php?idt=3983461
O Escritor e poeta Jean C. de Andrade também fará parte deste livro com o texto Poético “Mulher Brasileira” que será lançado em Genebra na Suíça.
 

Mulher Brasileira
Caminhando pela praia  lá vem ela  com seu corpo perfeito e cabelos longos que voam contra o vento. Vejo chegar, naquele momento, no meio de muitas, a mais bela.
Com uma beleza sem igual, desfilando com graça, se fazendo presente, mostrando o lindo rosto em formato angelical.
Com passos de ternura,   caminhando pela areia, lá vem ela a linda mulher brasileira: maravilhosa,provocante e normal em nossa cultura.
 
Caminhando e se fazendo admirar, passa por todos que, com a face congelada, nada podem fazer além de  suspirar.
 
Caminhando na areia sem com o mundo se importar, lá vem ela,  sempre bela sendo observada até mesmo pelo mar.
No momento em que na água ela entra, todos ficam paralisados esperando, somente para vê-la  mergulhar.
Parece uma sereia cortando as ondas que suaves de encontro o seu corpo vêm tocar.
Com a pele molhada em um momento sexy de ser, seduzindo  meninos e homens,que apaixonados já estavam sem perceber.
Saindo das águas com a aparência de uma deusa a  caminhar  e desfilar em direção à areia, lá está ela estendendo sua toalha,curtindo os raios de  sol, a linda  e maravilhosa mulher brasileira.
 
Seja Loira ou morena, causa impacto por onde passa, com sua figura sedutora e serena.
 
Para nós isto já é fato normal, saber que as mulheres do Brasil são  as mais lindas, herança  de um país tropical.
 
O mundo todo se rende  a esta realidade  e confirma que a história é verdadeira, a mulher mais linda e sexy do mundo, sem sombra de dúvida, é mesmo a mulher brasileira.
 Texto extraído do Livro "Pensamentos Poéticos" de Jean C. de Andrade.
 
 
 
 
 
 


quinta-feira, 14 de março de 2013

Nosso Papa Francisco I


NOSSO PAPA

Brincadeiras á parte, brincar faz parte de nós seres humanos,brincamos ,damos risadas e nos divertimos,sempre com respeito é claro,brincar sobre o Papa ser Argentino e tal é um fato inocente e engraçado,pois estamos á comparar com nossa rivalidade futebolística,não é uma falta de respeito,á pouco brinquei com um Padre sobre o fato e ele deu muita risada,porém não podemos comparar um Papa e sua missão que á meu ver é de grande dificuldade  com o futebol,ganhou um Argentino,perdeu o Brasileiro???

Não!!!

 Ganhamos todos nós,pois a Igreja hoje está com um Papa Latino,o primeiro Latino Americano,um homem de grande inteligência e humildade,com um semblante tranquilo e sereno, Francisco foi a sua escolha,talvez São Francisco de Assis,ou São Francisco Xavier,nos mostrando um ensinamento de amor e caridade,sua primeira aparição ao público fiel foi de arrepiar, direcionou um Pai Nosso e uma Ave Maria  á Bento XVI  fez  com que tradutores rezassem sem perceber,nos fez  lacrimejar de felicidade e esperança de que ainda estamos no caminho certo.A Igreja tem problemas,mas qual família não os têm? Um pai sofre para educar um filho, ou filhos problemáticos, o Papa também sofre com os mesmos filhos, mas a educação sempre vem quando se tem firmeza e também carinho. Um Padre ou Cardeal pode se aposentar aos 76 anos, “não tenho a devida certeza”, aposentar-se de uma vida de trabalho duro,descansar,viver o resto de vida que ainda tem,o Papa ao contrário começa uma missão duríssima,resolver os problemas de uma Igreja inteira,é certamente uma missão muito difícil,ele não ficou rico,seu trono não é de ouro,ele é humano,mas abraçou esta causa pelo bem de uma grande nação Cristã,o que devemos fazer então? Rezar e apoiar,torcer para que cada decisão de Francisco I seja como um GOL,mas não um gol Argentino ou Brasileiro,mas sim um GOL MUNDIAL, triste seria ficar como muitos que vejo,atacando a religião alheia,devemos sim denunciar o erro de alguns religiosos,mas nunca atacar com crueldade a religião e assim ofender quem nela acredita,um religioso atacar a crença de outro,me desculpe,mas particularmente acho que este tal não sabe nem o que diz e muito menos o que pensa,devemos sim ter abertura  e diálogo com todas as crenças  e o mais importante,respeito,seja você Judeu,evangélico, budista e muitas outras denominações que existem,mostre que você é um sábio, respeitando,mesmo não concordando com tais ensinamentos,atacar e brigar ofendendo,nunca foi e nunca será o certo e algo inteligente de se fazer.

O Papa é de todos nós e estamos  com ele e pela Igreja Sempre,pois somos da Igreja  Católica Apostólica  Romana!!!!

VIVA FRANCISCO I !!!!

Jean C. de Andrade, escritor e Poeta com sete Livros publicados.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Apresentação Do Livro A Bela Luna


Apresentação Do Livro A Bela Luna

A Bela Luna é uma história como muitas outras, talvez várias pessoas se identifiquem com esta simples trama, uma história normal entre dois jovens que apesar de estudarem na mesma escola e consequentemente na mesma sala de aulas, nunca se dirigiram um ao outro, viviam separados, pois eram de uma classe social diferente, sendo também de turmas diferentes.

 Os chamados populares ficavam de um lado e os estudiosos  e inteligentes que sempre eram humilhados, ficavam de outro, citando até um pouco do Bulling que acontece nas escolas do mundo. 

Esta é a história de Pedro que se apaixonou por  Luna em tempos escolares, vivia suspirando e sonhando com este amor.

Luna, uma menina linda, filha de pais separados, mas muito inteligente, doce, mas que nem de longe desconfiava ser por Pedro, um colega de classe, idolatrada.

O Amor é algo belo, mas que poucos entendem, às vezes são inocentes em matéria de amar e se entregar.
O tempo vai passando e o amor de Pedro vai sempre aumentando, sendo que planos de conquista Pedro e seu amigo fiel vão organizando.

Um romance lindo, com poemas de amor e muitas trapalhadas também, no decorrer das páginas fatos tristes acontecerão, fatos que marcarão para sempre o amor de dois jovens.

Um mundo de ilusão desaba sobre sua cabeça, tomando conta de seu ser, receber um não, ser rejeitado, é algo que tornaria a vida até inútil, sendo que idéias tristes e inoportunas passariam em desespero por sua mente.

Talvez uma morte repentina...

Não! Seria uma péssima idéia, deixar este mundo de desejo, ir embora triste e nunca mais experimentar o sabor de outro beijo?

Será que no final ficarão juntos?

Talvez!
Esta é uma trama que se desenrolará em meio á muitos acontecimentos, alguns engraçados e outros tensos.

O Amor não trairá nunca, o amor é sincero, infinito e sem culpa.

Quem ama e é amado, sabe muito bem sobre isto que falo.

Olhos nos olhos, braços entrelaçados, os dois lindos segurando um ao outro pela mão.

Se o amor existir realmente nesta relação, nunca haverá espaço para alguma desconfiança ou mesmo traição.

Um caso é para alguns momentos, apenas uma força da paixão, é passageiro e no fim verás que foi pura ilusão. O Amor é forte e duradouro, tudo suporta e tudo resiste.

Luna e Pedro, olhos nos olhos sonhando em dar  um beijo apaixonado, se abraçando muito forte e sendo  fiel com a pessoa que escolheu, viver o resto da vida, sempre á seu lado.

Uma trama que em momentos também se tornará uma história picante, com requintes de sexualidade, pensamentos mais quentes.

Citações oportunas em momentos de carinho.

Se sentires vontade de chorar, sorria, porque somente um sorriso triste é digno de ocultar uma lágrima, mesmo porque após uma, virão outras e talvez um dia elas o façam envelhecer sem mesmo ter notado.

O sorriso por mais triste que seja, parecerá suave e bonito nos lábios  de quem sorri,pois ele  nos ajuda a aliviar os desesperos, os desânimos que estão dentro da gente.

As pessoas sorridentes, divertidas que parecem aos nossos olhos  muito felizes  e sem problemas.

São os que  aprenderam a sorrir para não alimentar os outros  e a si mesmos, o que verdadeiramente são.

Gente assim sofre, mas sempre sorrindo e com esperança de uma breve vitória, pois lutou contra si mesmo e lutará sempre com um sorriso nos lábios nos caminhos difíceis da vida.

Este é um romance de escola, de tempos vividos, talvez o autor  tenha se espelhado em tempos de infância  e juventude para escrever esta trama,pois são fatos normais que acontecem todos os dias,nos colégios,nas faculdades,pessoas populares ou não,também se apaixonam, o tempo todo isto acontece,existem ciúmes,existem posições sociais que são na cabeça destas pessoas algo mais importante que o amor.

Festas, bailes e casais diversos existem nesta trama, porém a história foca apenas três ou quatro personagens marcantes, para assim um melhor desenrolar desta mine novela.

Pedro e a bela Luna, Ramon e Max. Personagens fundamentais para que a trama se desenvolva e cause assim, algum sentimento em nós que á estamos acompanhando e torcendo, pela felicidade do casal.

Em tempos de adolescência o autor conviveu com este tipo de sentimento, então é fundamental colocar um pouco de sua experiência escolar e de tempos de juventude para assim complementar e dar sentido á trama.

O Bulling, as humilhações e os amores proibidos, a turma de populares que não aceitavam a presença de outros um pouco mais pobres ou talvez somente por serem os mais estudiosos e tímidos.

As jovens que também seguiam o mesmo pensamento preferiam os populares, jogadores, brincalhões e bem vestidos filhos de figuras importante da sociedade.

Estar ou ser vista ao lado de alguém “inferior” causaria um desconforto para Atal popularidade, natural, mas cruel para com aquele simples estudante.

Esta trama reúne assuntos diversos na área amorosa, romance, mistério, emoção e um crime bárbaro.

Creio que você vai gostar de acompanhar a história de Pedro e a Bela Luna,um amor que nasceu em tempos escolares.

Autor Jean C. de Andrade.
Adquira este belo Livro neste Link: 

sábado, 2 de março de 2013

Dicas para visitar um doente...


Dicas para visitas á um doente

A pessoa doente sempre se sente ameaçado, agredido e tem sua alto-imagem ferida, Sente dificuldade em se interessar por outro assunto que não seja sobre a sua doença. Sente-se às vezes só no meio da multidão, perde-se energia física, fica dependente, às vezes chora com facilidade, é sua emoção que está á flor da pele, ás vezes até se irrita com pessoas próximas, sendo que muitos não aceitam a doença e o modo da terapia, é natural. Idosos  geralmente deixam-se levar pelo sentimento  de inutilidade,ocasionando muitas vezes a depressão e até a morte.Estudos mostram que quanto mais elevado for o grau de instrução da pessoa,maior será sua dificuldade em aceitar a doença.

É preciso dar ao doente segurança, esperança para que ele encare  a doença com realidade e não com medo.Não devemos olhar o doente com piedade exagerada,transformando-o em uma vítima do destino,muito menos transmitir uma mensagem de desânimo ao enfermo.

Veja alguns conselhos que lhe dou:

1°- Descobrir o sofrimento do outro é aceitar o próprio sofrimento.

2°- Só podemos ajudar o outro quando também aceitamos ser  ajudados.

3°- A ajuda propõe-se, não se impõe.

4°- Devemos sentir quando somos desejados e quando somos importunos, quando somos esperados e quando devemos ir embora. (Não fique o tempo exagerado na visita incomodando o doente)

5°- Há doentes que preferem o silêncio  e o sossego,respeite isso.

6°- Não se julgue importante, o melhor Cristão, não dê conselhos vazios, fórmulas prontas, evite usar termos como  “COITADO / SEJA RESIGNADO/ ESTA É A SUA CRUZ/ CRIE CORAGEM /É O NOSSO DESTINO/ DEUS QUIS ASSIM/ CONHEÇO PESSOAS QUE JÁ MORRERAM POR CAUSA DISSO”/ e por aí vai... Apenas escute.

7°- Na relação com o doente seja simples, sincero e fraterno.

8° - A doença faz parte da vida, todos nós estamos sujeitos á este fato, existem muitos tratamentos revolucionários hoje em dia, a medicina está cada vez mais moderna, ficar doente não significa que iremos morrer á qualquer momento, não aja assim com quem está adoecido,seja solidário,dê sua presença amiga, não seja portador de más notícias.

Simples conselhos que fazem toda diferença para quem está frágil!!!

Jean C. de Andrade, escritor, poeta e Ministro da Eucaristia.

sexta-feira, 1 de março de 2013

Não Generalize...

Não generalize, torça!!! (Corinthians de coração)

Hoje cheguei à seguinte conclusão sobre o que fazemos e pensamos, de acordo com a paixão por um time de futebol, sou corintiano e adoro meu time, aprendi á ser fiel torcedor por ver meu pai assistindo ao Alvinegro se tornar por muitas vezes o campeão.
Observava sua alegria, o alvoroço na cidade, carreatas, foguetes, churrascada, enfim, felicidade....
Uma paixão que me acompanha desde os tempos de criança, assisto aos jogos e sofro torcendo por cada lance,junto comigo estão milhões de outros torcedores que dividem o mesmo sentimento, não tem como separar,estamos dentro de um grupo,de uma torcida que ama o seu time.
Ser corintiano é uma paixão, do mesmo modo que ser São-paulino, Palmeirense, Santista e por aí vai...
Vejo muito exagero em torcidas, lógico isso existe, mas devemos torcer com o coração e também razão, não estamos em uma guerra,não precisamos eliminar o outro por ser de uma torcida rival e vice versa,vejo comentários sobre outros torcedores e me entristeço, corintiano é bandido,é assassino, corintianos são trinta milhões de pessoas.
Todos são bandidos???
Vamos rever nossos pensamentos e atos, não coloque uma entidade inteira na culpa por um fato isolado, não culpe todas as pessoas por algo feito por alguns, veja seu amigo Corintiano e que freqüenta sua casa, faz parte de seu circulo de amizades...
Ele é má pessoa???
Veja seu parceiro que torce para o São Paulo, sendo você um corintiano ou Palmeirense...
Ele é má pessoa???
É esta minha intenção, lhe mostrar que alguém estar torcendo por um time qualquer que não seja o seu,não significa que ela ou ele é ou foi má influência, pessoas boas torcem para o Corinthians,pessoas más também,somos milhões,isto é fato,do mesmo modo que acontece em outros times de futebol,no final tudo tem de ser diversão e não algo criminoso,algo que generaliza toda uma nação.
Preste atenção São-paulino, Palmeirense, Santista e demais torcedores, um filho de vocês também pode se tornar corintiano,do mesmo modo que um filho de corintiano pode se tornar torcedor de outro time,(Algo difícil) mas real!!!
Apenas escrevi este texto para nos enxergarmos como pessoas e torcida, temos que ter rivalidade somente no esporte, não na vida, se alguém fez algo errado, têm de ser punido com justiça,não generalizando um fato e culpando um todo, sejamos mais humanos,mais racionais,pois a ausência de raciocínio nos pode causar esta enorme falha de caráter!!!!
Por fim, tenho amigos excelentes e de grande importância intelectual que são ótimos seres humanos e de um caráter impar, torcedores do Corinthians e de muitos outros times de futebol!!!

Jean C. de Andrade, escritor, poeta e Corintiano de coração!!!

Os Livros de Jean C de andrade neste Link: https://www.clubedeautores.com.br/authors/11605 autor de seis Livros publicados no Clube de Autores...