Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

terça-feira, 18 de setembro de 2012

A Batalha dos Anjos


A Batalha dos Anjos

Em uma noite estrelada, enquanto olhando para o alto, vi no momento em que observava,  dois Anjos guerreiros em uma luta alucinante, com espadas reluzentes lutando lado á lado contra o mau em uma batalha sagrada.


Uma luta tensa e difícil contra anjos caídos, demônios malvados que lutavam sem piedade até a alta madrugada.

Gabriel e Rafael anjos de luz que cortavam a escuridão  com suas asas escarlates.

Contra centenas, deferiam suas espadas Brilhantes cortando o inimigo ao meio dividindo o mau em duas partes.

            Dois guerreiros que  lutavam de modo impressionante,contra centenas, talvez milhares em uma rapidez alucinante.

Quem de longe assistia, paralisado e admirado se via,percebendo a luta maravilhosa em um momento que mais parecia fazer parte de uma terra de magia.

Na velocidade da luz golpes eram dados, na visão de um humano estes golpes pareciam estrelas ou cometas  se colidindo á todo instante, seria imaginação esta visão de uma batalha de fantasia? Ou seria realidade de uma mente mirabolante?

Perplexo estava eu naquele momento de Espanto, vendo Gabriel e Rafael defendendo e protegendo com a própria vida um sagrado manto.

Na limitação de um Ser humano, não entendi o porquê lutavam naquele instante, talvez fosse um manto de Deus, por esta razão um objeto tão importante.

            Mas abri os Olhos e vi mais claramente, que por debaixo daquele manto existia muita gente.

Sendo por anjos do Criador protegido, de perigosos e imperfeitos demônios e anjos caídos.

Percebi que aquele manto cobria toda a humanidade, sendo que por Deus e seus anjos estava sendo defendido com força e  autoridade.

Com a mente aberta e presenciando um momento de guerra, vi anjos de Deus lutando  lado á lado em defesa da terra.

Esta luta maravilhosa com espadas reluzentes se destacando em brilho de luz com o reflexo das asas escarlates.

Soldados de confiança do próprio Criador, em velocidade cortavam o céu.

Eram anjos guerreiros, Arcanjos abençoados defendendo milhões de seres por Deus Criados.


Sim, estava vendo lá no alto do céu, a imagem guerreira dos Anjos Gabriel e Rafael.

Enquanto nós simples pessoas vivemos nossa vida aqui na terra, em outra dimensão, milhões de Anjos e demônios em batalha participam de uma sangrenta guerra.

É a verdadeira luta do bem contra o mau, estamos sendo protegidos, percebo afinal.

Não estamos sozinhos, também distantes não estamos do céu, tudo está aqui mesmo ao nosso lado, Anjos e Demônios em uma luta da qual somos disputados.

Mas o Livre Arbítrio também é uma arma que temos ao nosso lado, escolher o bem ou o mau, querer viver e ser salvos, ou morrer e ser condenado.

Escolher fazer parte desta luta, lutar com sabedoria e vencer o mau, ao lado de Gabriel e Rafael, também outros milhões de Anjos mandados por Deus lá do Céu.


Sendo também nós personagens de uma guerra fiel, não somente espectadores esperando o resultado e simplesmente olhando para o céu, assistindo se haverá uma vitória dos Anjos de luz, juntamente com Gabriel e Rafael.


Vendo está maravilha lá no alto do céu, escrevi o que presenciei com emoção, em papel deixei marcada esta batalha para que o mundo também saiba e passe adiante em divulgação.


Gabriel e Rafael, anjos ou Arcanjos que por Deus, cada anjo é fiel.
Livro Pensamentos Poéticos de Jean C. de Andrade.
https://www.clubedeautores.com.br/book/132062--Pensamentos_Poeticos