Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

domingo, 27 de maio de 2012

O Milagre da Criação


O Milagre da Criação

Vejam só como é lindo e maravilhoso o Milagre da Criação, olhando tudo que Deus criou com imensa exatidão.

Logo cedo vejo o amanhecer e fico maravilhado, observando ali o Astro Rei por um momento fico parado, percebendo sua luz que ilumina toda a terra, vejo que estou em um momento sagrado.



Refletindo no lago seus raios solares  acordando a Natureza onde vivem animais aos milhares.



Sobrevoando e cortando ares, em um colorido fantástico vejo como são lindas as aves.

É a vida que se divide em Multicores, entre árvores  e gramados, animais terrestres e rastejadores.


Olhando o  Brilho refletido no lago percebo também a presença dos peixes que de muitas formas e tipos também de várias cores, nadando e cortando as águas em um nado sincronizado parecendo aos olhos meus um balé apaixonado.

E nestas vidas Multicores, em que a natureza nos mostra seus valores, vejo que tudo se torna poesia e  sendo assim, inspiração para muitos escritores.

O Vento rasante ás vezes até me parece música, levando pelos ares, flores e folhas, empurrando as nuvens e espalhando o frescor da chuva.

A Noite se aproxima com uma despedida espetacular do dia, o Astro Rei, o imponente Sol se despedi em um colorido  fantástico , sendo assim imitado pelo mais famoso Artista Plástico,que pintando em uma tela as cores vibrantes de uma aquarela, tenta ele reproduzir a despedida do Sol na imensidão do horizonte em uma pequena e singela Tela.

O sol se despedi em alto estilo, dando á cada um o seu último Brilho, chegando a noite também tão bela cobrindo tudo á nosso redor com sua enorme escuridão, nos fazendo lembrar como é lindo o Milagre da Criação.

Neste momento imaginamos  que o autor de tudo isto com certeza seria alguém muito importante,alguém  que nos fez á sua imagem Semelhante, aquele que nos chama á todos de filhos teus,por quem temos respeito e amor, nosso pai e Senhor, nosso querido Deus.

Na escuridão de uma noite fria, estrelas iluminam com enorme alegria, trazendo a admiração de pessoas que vieram aqui quando ainda era dia.

Pessoas que sabem o valor deste momento que admiram e se emocionam, que  sentem como é bela a vida que por Deus foi dado.

Deitando-se no gramado com uma bela á seu lado, observando calado, olhando bem lá no alto, aquela que ilumina o amor dos apaixonados.

Aquela que lá no céu junto com as estrelas, parecendo até que no ar flutua, a linda e maravilhosa, que reina vitoriosa na escuridão, a brilhante Lua.

  Observando tudo isto com uma lágrima no olhar,me pego logo á lembrar em tudo, desde o dia raiar, sentindo agora neste momento, dentro de meu peito uma enorme emoção.

Refletindo com mente e coração, me entrego dizendo como é lindo e maravilhoso o Milagre da Criação.
Trecho do Próximo Livro de Jean C. de Andrade - Pensamentos Poéticos