Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL


FELIZ NATAL

Desejo á todos os meus amigos um FELIZ NATAL e um Próspero ANO NOVO,independente de crenças e religiões,desejo muita paz,alegria,saúde e que possamos juntos recomeçar mais uma etapa de nossas vidas,sendo mais tolerantes,mais amigos e que possamos também crescer e evoluir como pessoas de bem.
 
Neste Natal,sorria com exagero,abrace com mais força quem você gosta,cante alto,deseje felicidades á quem você nunca viu,deixe que esta magia Natalina tome conta de seu ser,pois ser bom e gentil só nos alegrará o coração.
 
Que bom seria se esta magia do bem se realizasse também no decorrer do ano todo,seria um sonho ver o mundo todo vivendo e convivendo em harmonia,com respeito e carinho para com seu semelhante,esta é a religião de verdade,o desejo daquele que nasceu no dia 25,aquele menininho que nasceu em uma manjedoura em um ranchinho de madeira tendo como meta transmitir os ensinamentos de amor e paz!!!!
 
 São os meus votos de carinho para com todos vocês.
- Jean C. de Andrade -
 
Que neste Natal,
eu possa lembrar dos que vivem em guerra,
e fazer por eles uma prece de paz.

Que eu possa lembrar dos que odeiam,
e fazer por eles uma prece de amor.

Que eu possa perdoar a todos que me magoaram,
e fazer por eles uma prece de perdão.

Que eu lembre dos desesperados,
e faça por eles uma prece de esperança.

Que eu esqueça as tristezas do ano que termina,
e faça uma prece de alegria.

Que eu possa acreditar que o mundo ainda pode ser melhor,
e faça por ele uma prece de fé.

Obrigada Senhor
Por ter alimento,
quando tantos passam o ano com fome.

Por ter saúde,
quando tantos sofrem neste momento.

Por ter um lar,
quando tantos dormem nas ruas.

Por ser feliz,
quando tantos choram na solidão.

Por ter amor,
quantos tantos vivem no ódio.

Pela minha paz,
quando tantos vivem o horror da guerra.

 Adquira os Livros do escritor Jean C. de Andrade neste Link: ´
https://www.clubedeautores.com.br/authors/11605 Jean C. de Andrade é autor de seis Livros publicados no Clube de Autores...

sábado, 8 de dezembro de 2012

Exageros


Tudo demais é complicado, devemos ter equilíbrio em tudo, fanatismo pode virar uma doença incurável, devemos curtir a vida,porém sem exageros,devemos ter uma religião sim,devemos fazer o bem sempre,mas com cuidado para não nos tornarmos escravos de uma idéia,tudo na vida precisa ser feito com cuidado,não podemos ser religiosos demais e achar que tudo que existe é pecado,não devemos gastar demais ou pelo menos mais do se ganha,não precisamos viver em função do dinheiro ou coisas materiais,não precisamos trabalhar demais,não precisamos fazer tudo demais.Cada coisa á seu tempo , precisamos sim sermos sábios para viver,ou o mundo vai nos parecer uma prisão onde tudo é errado,somos Bilhões de seres humanos,cada um  com seu pensamento controverso ,devemos respeitar cada um,não somos e nunca seremos os donos da verdade, o que precisamos ter é respeito as idéias de cada ser.Um religioso não precisa ficar pregando o tempo todo,do mesmo modo que um ateu não precisa tentar  convencer  todos de sua idéia á cada segundo,isto apenas vai gerar desgastantes discussões ,são pensamentos diferentes,porém iguais em sua essência,ninguém é bom 100% ou perverso  do mesmo modo.Tudo em exagero é prejudicial,devemos dosar nossas vontades e diversificar  nossa vida,nossa mente  é um mar de idéias,vamos colocá-las em prática,o mundo e as pessoas precisam se redescobrir, o respeito ao próximo e as idéias  precisa ser mais usado e praticado por nós seres humanos,que ainda estamos em constante evolução.O mundo não acabará no dia 21,mas nossa mente, nossos pensamentos e nossas atitudes podem e devem mudar á partir deste dia,talvez á partir de agora,pois nunca é tarde para crescermos como pessoas e cidadãos,quando Jesus disse: - “Atire a primeira pedra quem não tiver pecado” queria dizer para nós que não temos o direito de julgar quem quer que seja,pois também temos nossos erros e não somos perfeitos. Mais um ano se foi e o Natal está aí,para mim se celebra o nascimento de Cristo,tempo para se refazer, renascer, tempo de esperança,para alguns Jesus não nasceu neste dia,mas para este é também um dia especial,pois é um dia para se juntar á família e amigos em clima de paz e esperança.Tenham todos um Feliz Natal!!!!
-JeanC. de Andrade-

terça-feira, 13 de novembro de 2012

O Escritor no Programa Encontro Com Fátima Bernardes


Nesta segunda-feira dia 12 de Novembro de 2012 estiveram  presentes no Programa “Encontro com Fátima Bernardes”  os escritores  Jean C. de Andrade autor do Livro

“Vida de Caminhoneiro” e Walter  Sousa Cara Pinhe ,autor do Livro “Moda Inviolada” ,o Ator Antônio Fagundes,a Dupla Sertaneja

Chitãozinho e Xororó ,a Cantora Sandy,o Piloto de Stock Car. Cacá Bueno e  Romero ( Filho do radialista  Zé Betio),que anos atrás  entregou a Canção Fio de cabelo para que Chitãozinho e Xororó á transformasse no sucesso de hoje em dia,citando como era no começo da carreira da famosa Dupla.





 Entre várias homenagens ao Ator Antônio Fagundes e seus trabalhos, houve um momento triste, por recordação da Morte de do Diretor e Ator Marcos Paulo,falecido no mesmo dia. Também foram recordadas várias canções  de Chitãozinho e Xororó ,a mais famosa delas “Fio de cabelo”.Sandy,linda e delicada como sempre cantou divinamente.Cacá falou de sua paixão pelo tricolor Fluminense  e sobre sua admiração pelo pai Galvão Bueno.



O escritor Walter também comentou sobre a origem da música Caipira,assunto de seu livro Moda Inviolada.Por fim o Escritor Jean C. de Andrade,quando foi perguntado por Fátima Bernardes,respondeu que a Classe Estradeira,necessita de heróis e citou Antônio Fagundes como sendo este Herói das telinhas,até deixou no ar o desejo de rever novamente a Série Carga Pesada com Fagundes e Stenio Garcia,também comentou sobre a história de Chitãozinho e Xororó  que seguiram passos de seu pais para se tornarem os cantores de hoje,Jean C. de Andrade citou a música Fio De cabelo como preferida  dos caminhoneiros.








Por fim a Dupla de cantores passarinhos  revelaram sua paixão pela vida estradeira em particular por dirigir um caminhão.Xororó gosta de cavalos enquanto Chitãozinho prefere andar de caminhonete.Jean C. de Andrade presenteou  A Dupla com seus Livros



 “Vida de Caminhoneiro”,com uma bela dedicatória aos cantores passarinhos do Brasil,Fátima Bernardes também recebeu um Livro das mãos do escritor Jean,com outra bela dedicatória,assim marcada:

 
“A estrada é algo que á todos fascina, sendo misteriosa e longa, nos reserva  a cada quilômetro mistérios que até servem como poesia”.




Na Imagem abaixo todos os artistas e convidados para uma foto  estampada no site da Rede Globo,veja um trecho da entrevista com o escritor Jean C. de Andrade neste link...
 
 
 
Link para o Programa:
 
 
 

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

A Morte Não Existe!!!





Dia de finados, não precisamente é um dia de tristeza, é um dia de lembranças, de momentos vividos e compartilhados com pessoas que fizeram e ainda fazem parte de nossas vidas.
Finados é um dia de saudade, mas também é um dia de esperança, ...
reencontro, pois a morte não existe, a vida não nos é tirada e sim transformada em algo melhor.
Nossa vida muda á cada segundo, seria como evoluir á cada momento e esta transformação se dá com o efeito Morte,para simplificar, subimos de fase ,evoluímos na existência, vamos para mais perto de Deus.Lógico que quando perdemos uma pessoa,isto nos dói muito,mas é a dor da despedida,de não mais convivermos com ela no dia á dia.
É um momento de muita tristeza, mas também de grande alegria, alegria???
No dia da morte???
Sim!!!
Tristeza pela perda e pelo afastamento da convivência, mas alegria pela pessoa que nasce para a vida eterna em Deus.
É Nisto que eu Creio, pois sei que é verdade, também sou como tantos, de muitos também sinto Saudade!!!
-Jean C. de Andrade-
 


domingo, 28 de outubro de 2012

Infinito


Infinito

Parando para  observar as maravilhas do mundo, percebendo  na escuridão  milhões de pontos brilhantes fixados no infinito,observo  tudo em apenas uma fração de segundo.

Continuo á observar e a fantasiar, entre pensamentos  também á espaço para dúvidas que povoam  minha mente que em constante, me forçam á imaginar.

Olhando  o infinito,estudando as galáxias, vendo bem mais além,assistindo o Astro maior reinando,  brilhante e iluminando  a noite ao lado das estrelas que observo também.

Cometas e meteoros pequeninos caem á todo instante, eu as chamo  de estrelas cadentes, pois acho bem mais interessante.

Ao entrar  na atmosfera asteróides  que se envolvem em chamas se transformando em um efeito lindo  de brilhos e faíscas,iluminando  a noite causando susto  e alimentando crenças e mistérios que em mentes  ingênuas emana.

Deitando-me e observando  o infinito escuro,imagino  milhões de anos luz, talvez nesta  infinita distância,  haja vida inteligente  vivendo em outro mundo.

Ingenuidade minha pensar que estamos sós, neste imenso universo, somente minha raça existente,  em meio á milhões  de estrelas cadentes.

Sim, penso que além do Ser humano, exista também outra vida, talvez muito mais inteligente.

Uma vida que desconheça o termo morrer, muito menos maltratar seu semelhante.

Que não briga por mesquinharias e  por riquezas e que mesmo assim vivem  ao contrário da pobreza.

Talvez por dividirem com carinho tudo que produzem, talvez em partes iguais com todos da sua nação.

Pois são evoluídos  de tal maneira que não compreenderíamos esta tal razão.

Acharíamos um  absurdo vivermos assim,vivermos em paz, seria para nós seres humanos um mundo de utopia ou mesmo ilusão.

Pois nossa realidade é de vivermos em um ambiente de guerras e disputas, queremos e sempre almejamos poder e riquezas, sendo que para isto, matamos e destruímos nossos semelhantes, nossos irmãos.

Observando o infinito e a imensidão, imaginei tudo isto, talvez seja Deus em meus pensamentos  que na minha orelha dava um puxão!!!



Escritor e Poeta  Jean C. de Andrade.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Parabéns aos Eleitos Brasil Afora


Parabéns aos Eleitos Brasil Afora

Em fim as eleições acabaram e  a população escolheu seus representantes, cada cidade lutou bravamente para que seu Candidato vencesse. O Voto decidiu em muitos lugares com sobra, sendo que em diversos locais a mudança foi festejada e aplaudida por milhares.

O Povo está cada vez mais critico e observador e, tem de ser assim mesmo, precisamos lutar por uma cidade e um Brasil melhor sempre, devemos estudar  cada candidato e suas propostas,temos a obrigação de denunciar os corruptos e tirá-los do Poder.

Não podemos nos conformar com políticas sujas e criminosas,isto á nível nacional.O povo escolheu e lutou para que seu voto tivesse valor e fosse o certo,cabe agora aos eleitos serem dignos destes votos de confiança,pelo menos trabalhar com carinho para com seu eleitor,recebê-lo com educação em seu maravilhoso gabinete,de preferência sem horário marcado,pois quando o Senhor candidato veio em nossas casas não precisou marcar e muito menos avisar que viria,foram recebidos  com um belo sorriso e cordialidade,lhes foi servido um gostoso café e as vezes até uma deliciosa janta.

Amigos eleitos Brasil afora, o eleitor não deve ser  bem tratado apenas na hora do voto,mas também todos os dias de seu mandato,o eleitor quer ser cumprimentado ao passar por você, também com um sorriso cordial,o eleitor quer ser ouvido e não enganado,quer saber se têm condições de ajudá-lo,se não for possível, isto deve ser esclarecido no momento deste encontro ,para que não aja ilusões e falsas perspectivas.

Eventos sociais e culturais devem ser valorizados e precisam da presença da autoridade pública, a cultura tem de ser valorizada e respeitada, o Esporte deve ser apoiado sempre, a luta contra as drogas deve ser incansável, o braço da lei deve ser firme contra os bandidos e marginais que vivem na comunidade, a saúde é prioridade, o apoio aos deficientes e excepcionais deve ser constante, a moradia é um direito e o saneamento básico uma obrigação, ruas precisam  ser revitalizadas,iluminação e segurança. Estes são alguns itens que citei dos muitos que existem e que precisam de atenção em nossas cidades.

Minha Região fica no Sul de Minas, então mais precisamente Parabenizo os Eleitos das cidades que fazem parte deste eixo e lhes desejo toda sorte e que seja de fato um mandato vencedor e atuante em seus municípios.

Parabéns á todos os Prefeitos e Vereadores  eleitos  e reeleitos, agora é hora de agradecer o povo que lutou á seu lado e também governar para  os adversários políticos,pois estes também fazem parte de uma comunidade,agradecer não somente com tapinhas nas costas ,mas com trabalho,respeito e cordialidade para com quem lhes ajudou á vencer a dura batalha, também para as famílias que moram e vivem nestas cidades.Somente assim, teremos uma cidade melhor e consequentemente um Brasil Melhor,Deus abençoe á todos.

 Jean C. de Andrade.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Terceira edição do Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea.

Terceira edição do prêmio será dividido em duas fases e nas categorias


O Clube de Autores, focado na publicação gratuita e impressão sobdemanda de livros produzidos por autores independentes, promove a terceira edição do Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea. Todos os autores que possuem obras publicadas no Clube de Autores já podem se inscrever para a primeira fase do prêmio através do site www.premio.clubedeautores.com.br. Nesta primeira etapa, as obras serão avaliadas pelos usuários do site que darão notas de 1 a 5 para a capa e para a sinopse. Os 10 mais votados em cada categoria, além de se classificarem para a segunda fase, receberão o selo de finalista. O resultado será divulgado no dia 17 de novembro.
 
O livro "Viver em Bom Repouso" do escritor Jean C. de Andrade também está concorrendo, dêem um pulinho até lá e votem neste livro para melhor capa e melhor sinopse.  Como votar? Clik no link vá para a página do Livro,lá você poderá votar na capa e na sinopse,digite seu e-mail,digite as palavras abaixo e confirme, após isto, vá á seu E-mail, lá haverá uma mensagem de confirmação,Clik no Link para confirmar o Voto,pronto,você votou no Livro "Viver em Bom Repouso" para o Prêmio de Literatura Conteporânea,Obrigado á todos pelo apoio.Um grande abraço, Jean C. de Andrade.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Entrevista na Íntegra ao Site TERRA


 

Entrevistando  Jean Carlos de Andrade:


1) Primeiro, queria que você falasse um pouco sobre você: nome, idade, onde mora, onde nasceu, o que faz agora;

Meu nome é Jean Carlos de Andrade, tenho 36 anos, sou natural de uma pequena cidade do Sul de Minas Gerais chamada Bom Repouso, sou casado e moro desde 2005 na Cidade de Estiva, Também Sul de Minas Gerais. Continuo ainda com minha profissão como caminhoneiro, mas também sou Professor de Capoeira e dou aulas na Escola de Estiva MG, sou artista plástico, faço pinturas em tela, mas somente como um Hobby. Sou escritor  com seis Livros já publicados sendo que  em destaque está  o “Vida de Caminhoneiro”.
 

2) Como você começou como caminhoneiro? Quantos anos tinha? Como foi o começo? Foi a sua primeira profissão?

Em tempos de criança já fui engraxate e trabalhei como frentista, a paixão pelo caminhão veio por intermédio de meu pai que sempre foi Caminhoneiro, viajo com ele desde os  4 anos de idade.Com 18 anos  iniciei minha profissão como caminhoneiro, no início era  muito legal e eu encarava como uma aventura,viajar pelo país afora curtindo a liberdade desta vida  estradeira.


3) Quando e como surgiu a idéia de escrever o livro? Foi o seu primeiro? Li que ele é uma produção independente, escrito, diagramado e distribuído por você. Isso é verdade? Por que houve esse processo?

Na verdade o Livro Vida de Caminhoneiro é um diário que eu fazia, sempre tive esta mania de escrever tudo que acontecia pelas viagens, após 15 anos de profissão percebi que as histórias poderiam virar um bom Livro. Eu não sabia como publicar, daí um amigo  que também é escritor me deu uns toques e me apresentou uma editora que publica sob demanda,mas a gente mesmo é que tinha de diagramar,arrumar um revisor e assim por diante,pois a editora publicaria mesmo com erros e acertos.Então eu mesmo diagramei separando capítulos e histórias,contratei um professor para que me ajudasse com a revisão, arrumei uma pessoa para me ajudar também com a capa e daí nasceu o meu primeiro Livro,Vida de Caminhoneiro.

É realmente uma produção independente, pois tudo é feito por eu mesmo, a publicação é sob demanda na editora WWW.clubedeautores.com.br  , os Livros são vendidos no site para todo Brasil, mas também faço eu mesmo algumas compras de um certo número de livros e revendo  ou deixo em consignação em postos e restaurantes, como todo escritor independente também  trabalho á procura de uma editora respeitada que possa publicar o meu Livro para todo Brasil.Por enquanto ele está á venda neste Link no Site Clube de Autores ... https://www.clubedeautores.com.br/book/14468--Vida_de_Caminhoneiro  Também estou no Facebook  - Jean Carlos de Andrade e Twitter

 

4) Quais histórias do livro você diria que foram as mais marcantes? Por quê?

É uma pergunta difícil, pois acho todas muito marcantes, mas as do início de profissão me marcaram muito, pois tudo era uma grande novidade, também falo sobre meu pai, meus parentes, amigos que perdi em acidentes tristes, amigos novos que conheci em momentos de alegria, as dificuldades que o caminhoneiro passa, a falta de estrutura para com a classe e por aí vai,são fatos marcantes que escrevi como figura presente.


5) As histórias foram todas vivenciadas por você ou também por colegas de estrada?

Praticamente todas as histórias do Livro aconteceram comigo mesmo, mas também aconteceram fatos com outros colegas, alguns acontecimentos eu presenciei outros foram me contados em conversas de caminhoneiros o que é muito comum nas rodas estradeiras.


6) Como foi feita a escolha das histórias incluídas no livro? Você escrevia durante as viagens? Como?

Bom, como se tratava de um diário de bordo que eu tinha a mania de escrever ,acabava escrevendo em pontos de parada, esperando um carregamento e outro, fatos aconteciam e eu corria escrever em meu pequeno diário. Quando decidi publicar, tive que diagramar de um modo que as histórias tivessem um começo, daí foi só colocar os primeiros acontecimentos e a história se desenrolou.


7) Li também que o livro tem desabafos e críticas às rodovias brasileiras. O que você diz nessas passagens? Que tipo de desabafos e críticas?

Realmente, cada história do Livro tem uma pitadinha de desabafo,por isso existem também algumas criticas, cito como as estradas são ruins em muitos estados, nas que são boas o Pedágio é um absurdo de caro e também cito  como é grande a existência de policiais Corruptos que tiram o pouco que o sofrido caminhoneiro ganha pelas estradas.Acho que deveria ser mais bem vista pelos governantes, o fato das estradas estarem em péssima qualidade,faltando também segurança e pontos de parada que sejam decentes para que o caminhoneiro possa trabalhar de modo digno,pois ele é quem leva literalmente nas costas o progresso do Brasil.


8) Você participou do seriado Carga Pesada, da Rede Globo. Como surgiu essa proposta, e como foi a experiência? O que você achou do episódio e do programa?

Participei de alguns capítulos da Série e achei muito divertido, foi uma sorte minha isto ter acontecido. Eu estava em viagem, ao parar em um posto da Rodovia Presidente Dutra, percebi uma movimentação diferente com carros da Rede Globo,mas não sabia do que se tratava,fui tomar um banho e na volta uma pessoa começou á me seguir, até pensei que fosse um ladrão, mas era um produtor da Série Carga Pesada que apenas queria me convidar para participar da gravação.Eu topei na hora pois não é todo dia que uma oportunidade destas aparece.Gravei com Antonio Fagundes e Stênio  Garcia  até as 3 horas da manhã,quase perdi o horário da entrega da carga,mas achei muito legal, nos episódios primeiros eu fazia parte como figurante, quase não aparecia,apesar de ser um programa fictício onde muitas estórias eram absurdas e não se assemelhavam nem um pouco com a verdadeira vida de Caminhoneiro,pois eram fatos para se dar audiência na TV e não correspondiam a verdade,apesar disso  valeu esta sorte de ter conhecido estes grandes e muito simpáticos Atores e poder participar de um Série Global.


9) Como pude ver , você continua na estrada. Está inspirado a escrever mais causos? Já foi reconhecido por outros caminhoneiros pelo(s) livro(s)?

Ainda estou trabalhando como caminhoneiro, mas não viajo tanto como antes, e estou mais preguiçoso quando se trata de viagens longas, viajo um pouco menos e me sobra tempo pra me dedicar aos Livros, estou cheio de idéias, tenho já seis Livros Publicados, cada qual com um assunto diferente, estou até escrevendo poesias, estão até  me chamando de o “Poeta Caminhoneiro”, pelas estradas eu já passei muita coisa legal e sim, já fui reconhecido por caminhoneiros que tinham inclusive o meu Livro na Boléia, dei até autógrafos nos Livros para alguns (Risos) , também recebo e-mails e até ligações de caminhoneiros e pessoas de longe que me elogiam  pelo Livro e as histórias, isto é muito gratificante para um escritor, ver seu trabalho sendo valorizado.

 
10) Li que você não tinha a pretensão de se tornar escritor quando teve a idéia para o Vida de Caminhoneiro. Isso também vale para a capoeira e as artes plásticas, ou eram atividades que já interessavam a você? Como se envolveu com elas?

Na verdade tudo aconteceu naturalmente,quando criança eu tinha a mania de desenhar e pintar coisas, fui apenas me aprimorando daí parti para as telas, com a capoeira foi diferente, comecei á treinar com 17 anos, pois precisava praticar algum exercício físico, comecei e nunca mais parei ( Risos) tudo foi acontecendo normalmente assim como nunca pensei em ver um Livro meu correndo assim pelo Brasil,são presentes que ganhei de Deus.


Entrevista ao Site TERRA sobre o escritor Jean Carlos de Andrade.

 

Link para o Livro Vida de Caminhoneiro.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

A Batalha dos Anjos


A Batalha dos Anjos

Em uma noite estrelada, enquanto olhando para o alto, vi no momento em que observava,  dois Anjos guerreiros em uma luta alucinante, com espadas reluzentes lutando lado á lado contra o mau em uma batalha sagrada.


Uma luta tensa e difícil contra anjos caídos, demônios malvados que lutavam sem piedade até a alta madrugada.

Gabriel e Rafael anjos de luz que cortavam a escuridão  com suas asas escarlates.

Contra centenas, deferiam suas espadas Brilhantes cortando o inimigo ao meio dividindo o mau em duas partes.

            Dois guerreiros que  lutavam de modo impressionante,contra centenas, talvez milhares em uma rapidez alucinante.

Quem de longe assistia, paralisado e admirado se via,percebendo a luta maravilhosa em um momento que mais parecia fazer parte de uma terra de magia.

Na velocidade da luz golpes eram dados, na visão de um humano estes golpes pareciam estrelas ou cometas  se colidindo á todo instante, seria imaginação esta visão de uma batalha de fantasia? Ou seria realidade de uma mente mirabolante?

Perplexo estava eu naquele momento de Espanto, vendo Gabriel e Rafael defendendo e protegendo com a própria vida um sagrado manto.

Na limitação de um Ser humano, não entendi o porquê lutavam naquele instante, talvez fosse um manto de Deus, por esta razão um objeto tão importante.

            Mas abri os Olhos e vi mais claramente, que por debaixo daquele manto existia muita gente.

Sendo por anjos do Criador protegido, de perigosos e imperfeitos demônios e anjos caídos.

Percebi que aquele manto cobria toda a humanidade, sendo que por Deus e seus anjos estava sendo defendido com força e  autoridade.

Com a mente aberta e presenciando um momento de guerra, vi anjos de Deus lutando  lado á lado em defesa da terra.

Esta luta maravilhosa com espadas reluzentes se destacando em brilho de luz com o reflexo das asas escarlates.

Soldados de confiança do próprio Criador, em velocidade cortavam o céu.

Eram anjos guerreiros, Arcanjos abençoados defendendo milhões de seres por Deus Criados.


Sim, estava vendo lá no alto do céu, a imagem guerreira dos Anjos Gabriel e Rafael.

Enquanto nós simples pessoas vivemos nossa vida aqui na terra, em outra dimensão, milhões de Anjos e demônios em batalha participam de uma sangrenta guerra.

É a verdadeira luta do bem contra o mau, estamos sendo protegidos, percebo afinal.

Não estamos sozinhos, também distantes não estamos do céu, tudo está aqui mesmo ao nosso lado, Anjos e Demônios em uma luta da qual somos disputados.

Mas o Livre Arbítrio também é uma arma que temos ao nosso lado, escolher o bem ou o mau, querer viver e ser salvos, ou morrer e ser condenado.

Escolher fazer parte desta luta, lutar com sabedoria e vencer o mau, ao lado de Gabriel e Rafael, também outros milhões de Anjos mandados por Deus lá do Céu.


Sendo também nós personagens de uma guerra fiel, não somente espectadores esperando o resultado e simplesmente olhando para o céu, assistindo se haverá uma vitória dos Anjos de luz, juntamente com Gabriel e Rafael.


Vendo está maravilha lá no alto do céu, escrevi o que presenciei com emoção, em papel deixei marcada esta batalha para que o mundo também saiba e passe adiante em divulgação.


Gabriel e Rafael, anjos ou Arcanjos que por Deus, cada anjo é fiel.
Livro Pensamentos Poéticos de Jean C. de Andrade.
https://www.clubedeautores.com.br/book/132062--Pensamentos_Poeticos  

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

O Respeito e a Política

O Respeito e a Política

Sempre entendi a política como um campo de confronto de ideias, não de pessoas. 
A arte de conciliar o contraditório. Nesse embate há normas de enfrentamento e de convivência, dentre as quais cultivo como uma regra de ouro a lealdade.
Há que ser leal ao que se pensa ao que se diz, aos gestos políticos e à sua própria história. É a chamada coerência política.
Não acho interessante e muito menos correto, quando adultos já criados e por que não dizer barbados, se ofendem em um combate de palavras sem sentido, ataques  ao seu oponente político com palavras ofensivas, muitas vezes direcionadas á pessoa e á família. Em prol de uma ideia sobre derrota política, apenas para dizer que este ou aquele foi melhor e “MANDA”.
Isto é muito triste, assistir um combate cruel e injusto onde pessoas se atacam e  se ofendem.
Infelizmente é o que vejo á nível de Brasil, talvez á nível mundial, pois o poder é almejado e na conquista do mesmo vale tudo,   difamar e até matar o oponente á este sonho de ser o poderoso e de ser o “manda chuvas”, o Senhor que  senta-se à mesa do poder.

Nas grandes metrópoles isto se torna normal, é uma guerra meio que invisível escondida entre fatos obscuros e talvez até criminosos de um comando escondido.

Em uma cidade pequena, isto também acontece  é a presença  de um crime organizado, com menos requintes de crueldade física, mas com crueldade moral, em uma guerra de palavras e acusações. 

No final esquecemo-nos da principal ideia de política, que tem em seu único intuito visualizar o bem ao próximo e de uma comunidade inteira.

O poder corrompe, mudam pessoas, ás faz serem capazes  de atos impensáveis contra o seu semelhante, em prol apenas de se manter no topo do poder.

Sonho ainda que esta realidade mude e que as pessoas possam passar por uma política púbica sem se ofender e que não se tornem alvos também, que os crimes políticos permaneçam no passado e que as pessoas possam se respeitar e se unir em prol de uma sociedade mais justa e com um governo realmente capaz e humano, que se preocupem em ajudar o cidadão e seu país, sua cidade seu estado, enfim seu próximo.

Que a corrupção seja punida de fato, que as penas sejam duras e convincentes, que se aja respeito pelo próximo e pelo dinheiro público,que Presidentes, prefeitos, vereadores e demais autoridades eleitas respeitem o cargo que conquistaram e sejam dignos dos votos que receberam.

“Eu sou apenas uma gota no imenso oceano, mas sei que o Oceano sem esta pequena gota se tornaria menor”.

Jean C. de Andrade (poeta e escritor)



Conheça os Livros do autor neste Link:https://www.clubedeautores.com.br/authors/11605 Jean C. de Andrade é autor com vários Livros publicados no Clube de Autores



quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Mulher Brasileira


Mulher Brasileira



Caminhando pela praia  lá vem ela  com seu corpo perfeito e cabelos longos que voam contra o vento. Vejo chegar, naquele momento, no meio de muitas, a mais bela.

Com uma beleza sem igual, desfilando com graça, se fazendo presente, mostrando o lindo rosto em formato angelical.

Com passos de ternura,   caminhando pela areia, lá vem ela a linda mulher brasileira: maravilhosa,provocante e normal em nossa cultura.

 

Caminhando e se fazendo admirar, passa por todos que, com a face congelada, nada podem fazer além de  suspirar.

 

Caminhando na areia sem com o mundo se importar, lá vem ela,  sempre bela sendo observada até mesmo pelo mar.


No momento em que na água ela entra, todos ficam paralisados esperando, somente para vê-la  mergulhar.

Parece uma sereia cortando as ondas que suaves de encontro o seu corpo vêm tocar.

Com a pele molhada em um momento sexy de ser, seduzindo  meninos e homens,que apaixonados já estavam sem perceber.

Saindo das águas com a aparência de uma deusa a  caminhar  e desfilar em direção à areia, lá está ela estendendo sua toalha,curtindo os raios de  sol, a linda  e maravilhosa mulher brasileira.

 

Seja Loira ou morena, causa impacto por onde passa, com sua figura sedutora e serena.


Para nós isto já é fato normal, saber que as mulheres do Brasil são  as mais lindas, herança  de um país tropical.

O mundo todo se rende  a esta realidade  e confirma que a história é verdadeira, a mulher mais linda e sexy do mundo, sem sombra de dúvida, é mesmo a mulher brasileira

A Linda Mulher Brasileira!
 

 Texto em homenagem á mulher brasileira e seu jeito Sexy de ser, tirado do sexto Livro de Jean C. de Andrade, "Pensamentos Poéticos" Este Texto foi um dos vencedores do Prêmio Valdeck  2012, publicado no Clube de Autores neste Link ...

https://www.clubedeautores.com.br/book/132062--Pensamentos_Poeticos

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

AS LENDAS DE BOM REPOUSO


Parte VI

AS LENDAS DE BOM REPOUSO

 
As  lendas urbanas, criadas pela fantasia popular circulavam de boca em boca deixando todo mundo tremendo de medo.

            Eram elas: a mulher de branco que caminhava todas as noites com seu vestido de noiva e seus pés nunca tocavam o chão, após a meia noite de uma sexta-feira 13 ninguém se atrevia a andar sozinho pelas ruas da cidade.

             Em minha infância, junto com alguns amigos e amigas, na festa de casamento  de uma de minhas primas, á noite, eis que olho para o pasto, do alto de minha casa,  vejo uma mulher desconhecida com o vestido longo atravessando a escuridão da noite. Num grito que dei todos os amigos que estavam comigo também viram aquela imagem assustadora.  Todos corremos para avisar nossos pais que subiram o pasto, armados de  porretes. Acredito  que os adultos estavam com mais medo que nós crianças.

            Nunca se soube se realmente era uma assombração ou uma pessoa que se vestia de branco para assim assustar  a todos.

            Não deixa de ser  engraçada uma situação dessas que contagiava toda uma cidade que também acreditava na existência de um lobisomem,  que só aparecia em noites de lua cheia. Por via das dúvidas eu ficava bem quietinho escondido em minha casa. Ainda hoje, comenta-se que o lobisomem está de volta. Dizem alguns moradores que o bairro do Campestre é o lugar onde ele se esconde.             Também uma lenda que se tornou muito famosa no cenário nacional, fazia parte do imaginário de nosso povo. Era o Chupa- Cabras, que também andou dando as caras em nossa cidade. Era muito engraçado de se ouvir as histórias desse imaginário popular, pois todos  tinham medo desse bicho e davam as mais diversas explicações sobre sua origem.  Era interessante observar as mais diversas descrições do tal Chupa-Cabras. Diziam ser um E.T, ou mesmo uma experiência cientifica que havia dado errado. Era muita imaginação e fantasia que acabou fazendo parte da história do município.

            Outro fato também chama atenção pelos detalhes arrepiantes que os mais velhos contam:

            Dizem os mais antigos moradores que a primeira Capela de Bom Repouso seria perto da sede da Fazenda Bom Retiro, próximo da atual  Igreja de Nossa Senhora do Rosário, onde hoje está a casa do conhecido “Dito Candinha”.

            Dizem que, antigamente, perto dessa Capelinha fora encontrado um corpo de mulher, que teria sido brutalmente assassinada.

Pessoas mais antigas dizem que daí nasceu mais uma lenda: a da mula sem cabeça.

Outra história que também  causou muito pavor a do  homem do poste. Trata-se de uma lenda que se iniciou há muitos anos, no tempo dos bandeirantes.  Contavam que dois peões, passando por Bom Repouso, pararam para o pouso de descanso. Eis que começam a brigar e um peão acabou matando seu companheiro, deixando-o ali mesmo, onde hoje está localizado o Hospital da cidade.

Depois do crime, eis que o lugar ficou assombrado pelo peão ali assassinado. Diziam que ele estava de botas com uma capa de chuva e um chapéu de peão e que também era muito alto, daí ter nascido o “homem do poste”. Ele não tinha data para assombrar, aparecia a qualquer momento. Portanto, você, notívago, cuidado ao sair, pois o homem do poste pode te pegar também.

             Mas existiu uma lenda em Bom Repouso que foi muito marcante e até colocou nossa cidade no cenário nacional sendo falado em vários canais de TV, e em vários jornais da época, até destaque no Jornal Nacional.

            Toda semana, muito dinheiro aparecia nas ruas de Bom Repouso e muitas pessoas começaram a catar. O fato ocorreu por alguns meses e virou notícia, atraindo várias pessoas com o intuito de achar dinheiro nas ruas de nossa cidade, repórteres e câmeras estavam por todo lado, Cid Moreira dizia no Jornal assim:

_ “Até agora já foram achados quinhentos mil cruzeiros”.

            Com uma notícia dessa, muitas pessoas vinham para a cidade até com picaretas para desenterrar as notinhas do famoso cruzeiro.

            O fato é que ninguém, até hoje, conseguiu explicar a origem desse dinheiro que estava aparecendo pelas ruas. Alguns diziam que era um automóvel da cor preta, que pela madrugada jogava este dinheiro pelos cantos da cidade.

            Como o fato alcançou repercussão nacional, os próprios moradores acabavam jogando dinheiro aqui e ali, para que a cidade continuasse notícia. Um fato verídico que passou a ser cômico, pois, Bom Repouso passou a ser conhecida como “a cidade do dinheiro”

Muitas coisas misteriosas já aconteceram em Bom Repouso. Seriam  frutos da imaginação ou seriam histórias verdadeiras?Quem sabe!

            Sabemos que não se deve duvidar do sobre natural, pois sendo verdade ou mentira, nos causa curiosidades e medo. O povo ainda conta coisas de causar arrepio até hoje.  Fala-se da misteriosa Bola de Fogo que de vez em quando pairava ao redor da cidade que não era a única a presenciar este fato, Também cheguei a ver a tal Bola de Fogo. Seria um meteorito? Não se sabe! Nunca tivemos uma explicação e acaba fazendo parte dos mistérios de nossa cidade.  Dizem outros moradores da cidade que, na Praça Cel. Ananias de Andrade  bem no centro, por ter sido á muitos anos o primeiro cemitério da cidade, pessoas dizem ter visto uma mulher de mãos dadas com duas crianças em plena madrugada se encaminharem para as escadas da Igreja Matriz e ali, ajoelhada, clamava e rezava. Em alguns minutos desaparecia como num passe de mágica. 

            Quem não se lembra da história do tal Padre que rogou uma praga para Bom Repouso? Será Lenda? Ou será Verdade?

            Em pesquisa pela cidade, já acabei ouvindo que ainda agora tem gente que está vendo “ETS” nas redondezas de nosso município. Será?  É mais um Mistério!E o tal Petróleo? Mais um fato interessante que mexeu com a imaginação de muitos em Bom Repouso. Parecia até aquele filme da Família Buscapé, que de uma hora pra outra se tornava bilionária. O certo é que a Petrobras esteve em Bom Repouso e analisou o tal liquido que brotava da terra, mas em segredo permaneceu escondido e ninguém mais ouviu falar se era, ou não, realmente Petróleo. Resta relatar que se trata de mais uma lenda de Bom Repouso. Só nos resta, aguardar!

 

Estas são algumas das lendas urbanas de nossa cidade, algumas são reais, outras são misteriosos contos, que talvez sejam verdadeiros. Mas são folclóricos contos que povoam o imaginário popular de nosso povo Bom- Repousense, não duvido, mas também não assino em baixo, ficam no ar os mistérios que rondam nossa linda cidade.