Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Oh Minas Gerais

"Oh Minas Gerais... quem te conhece não esquece jamais..." .. pra descontrair um pouco e sair dos corriqueiros assuntos vai um lance fera do nosso grande e querido Estado..
ORIGEM DA EXPRESSÃO MINEIRA “UAI“
O material foi publicado no Jornal Correio Brasiliense.
O berço da expressão popular dos mineiros “UAI”.
Segundo o odontólogo Dr. Sílvio Carneiro e a professora Dorália Galesso, foi o presidente Juscelino Kubitschek. ’. quem os incentivou a pesquisar a origem. Depois de exaustiva busca nos anais da Arquidiocese de Diamantina e em antigos arquivos do Estado de Minas Gerais, Dorália encontrou explicação provavelmente confiável.
Os Inconfidentes Mineiros, patriotas, mas considerados subversivos pela Coroa Portuguesa, comunicavam-se através de senhas, para se protegerem da polícia lusitana. Como conspiravam em porões e sendo quase todos de origem maçônica, recebiam os companheiros com as três batidas clássicas da Maçonaria, nas portas dos esconderijos. Lá de dentro, perguntavam:
Quem é?
E os de fora respondiam: UAI – as iniciais de União, Amor e Independência.
Só mediante o uso dessa senha a porta era aberta aos visitantes.

Conjurada a revolta, sobrou a senha, que acabou virando costume entre as gentes das Alterosas. Os mineiros assumiram a simpática palavrinha e, a partir de então, a incorporaram ao vocabulário quotidiano, quase tão indispensável como tutu e trem. Uai, sô…

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Lançamento do livro” Viver em   Bom Repouso”
O Escritor Jean Carlos de Andrade convida a todos para o Lançamento de Seu Livro “Viver em Bom Repouso"

Também Para Apresentação de seus outros Quatro Livros:
“Vida de Caminhoneiro, A Magia da Capoeira, O Espectador dos Milagres de Jesus  e  Emoções de um Corintiano”.


Local: Clube Literário e Recreativo de Bom Repouso MG
Dia: 23 de Setembro  Sexta -Feira
Hora: 19:30
Apoio: Prefeitura e Câmara Municipal de Bom Repouso MG.
Editoras: Clube de Autores, Agbook e Bookess.


“Prestigie a Cultura de sua Cidade”

SOBRE O ESCRITOR JEAN CARLOS DE ANDRADE


 
Jean Carlos de Andrade é caminhoneiro, artista plástico, professor de capoeira e escritor com cinco livros já publicados.

Casado natural da cidade de Bom Repouso MG, hoje morador da cidade de Estiva também Minas Gerais, residente desde 2005. Em Estiva é membro atuante em pastorais na Paróquia Nossa Senhora  Aparecida sendo também Ministro da eucaristia e proclamador da palavra.

Jean Carlos de Andrade fará neste dia 23 de Setembro de 2011 as 19:30  no Clube Literário e Recreativo de Bom Repouso MG  o Lançamento de seu Livro “Viver em Bom Repouso” e também apresentará seus outros quatro livros publicados nas editoras  Clube de Autores,Agbook e Bookess.

Seus livros são:

Vida de Caminhoneiro: Causos das estradas, histórias reais, desabafos, fatos tristes e alegres enfim o dia a dia de um caminhoneiro com destaque  pela participação do autor na série Carga pesada da Rede Globo.

A Magia da Capoeira : Citações e histórias de Mestres antigos, a origem dos instrumentos,os golpes, a parte filosófica da luta,as músicas,ladainhas  e muitas curiosidades desta luta mágica e totalmente brasileira.

O Espectador dos Milagres de Jesus: Um Livro Religioso com um personagem fictício por nome Felipe, um garoto sem fé e rebelde que resolve seguir Jesus na idéia de poder desmascará-lo  e provar que tudo não passava de uma grande mentira,uma vez seguindo Jesus este se tornará o Espectador de seus Milagres.

Obs: Este Livro está sendo avaliado pela editora Santuário para uma possível publicação nesta conceituada editora católica.

Viver em Bom Repouso: Um livro histórico que conta  fatos da cidade de Bom Repouso MG, desde os tempos que ainda se chamava fazenda Bom Retiro.O livro se dá no início em um retiro de índios e se torna atual até os dias de hoje. Causos de moradores, as lendas urbanas, a parte política com citações de todos os prefeitos que passaram os padres que estiveram em Bom Repouso e, os padres que nasceram em Bom Repouso com suas respectivas biografias, também homenagens á ilustres cidadãos que se foram, mas que fizeram parte da fundação do município, a natureza e os pontos turísticos e religiosos citando a maior imagem de Nossa Senhora das Graças do Mundo.

Emoções de um Corintiano: É um livro para homenagear o sofrido torcedor corintiano, o livro cita as conquistas do Corinthians desde 1977 até os dias de hoje sendo contados na visão de um torcedor que é o próprio autor, como os gols foram feitos e quem os fez, ídolos eternos e craques inesquecíveis, decisões incríveis, vale a pena ler e se emocionar.

                                              Jean Carlos de Andrade


Capim????

Esta é para os que  "Acham" que sabem mais que os outros,HUMILDADE sempre,não se esqueçam...

CAPIM

No Curso de Medicina, o professor se dirige ao aluno e pergunta:
 -Quantos rins nós temos?
 -Quatro! - Responde o aluno.
 -Quatro? - Replica o professor, arrogante, daqueles que sentem prazer em tripudiar sobre os erros dos alunos.
 -Traga um feixe de capim, pois temos um asno na sala.. - ordena o professor a seu auxiliar.
 -E para mim um cafezinho! - Replicou o aluno ao auxiliar do mestre.
 O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala. O aluno era, entretanto, o humorista Aparício Torelly Aporelly (1895-1971), mais conhecido como o 'Barão de Itararé'.
Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso  mestre:
 -O senhor me perguntou quantos rins 'nós temos'. 'Nós' temos quatro: dois meus e dois seus. 'Nós' é uma expressão usada para o plural.Tenha um bom apetite e delicie-se com o capim.

 A vida exige muito mais compreensão do que conhecimento! Às vezes as pessoas, por terem um pouco a mais de conhecimento ou 'acreditarem' que o tem (ADOREI ESSA!) , se acham no direito de subestimar os outros...
 Viva a humildade............ E haja capim!!!

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Por: Jean Carlos de Andrade
O personagem desta história é um simples torcedor que começa a acompanhar o Glorioso Corinthians desde sua primeira conquista após 1976.
O fato se dá início quando ainda o autor deste livro repousa tranquilamente no colo aconchegante de seu pai.
A primeira emoção como torcedor já veio na conquista de 1977 com o fim do jejum corintiano.
Daí em diante os títulos se tornaram freqüentes, sendo que o prazo de conquistas se tornou menor entre um título e outro.
Este livro vai citar todas as conquistas do grande Corinthians desde 1977 até este ano de sua publicação. Sendo citados todos os heróis de cada título e seus feitos em campo, sempre acompanhados deste torcedor que escreve cada fato.
Torcendo como muitos, relato passo a passo o sofrimento e as vitórias que vieram mesmo com muito sofrimento, também momentos angustiantes, mas felizes e inesquecíveis. As grandes finais, os grandes títulos, o mundial de Clubes reconhecido pela FIFA, os vários golaços e os vários craques e ídolos que passaram pelo timão, que o autor conheceu e viu seus maravilhosos dribles.
A tristeza de assistir a queda para segunda divisão nacional, mas também a alegria de presenciar o massacre de um time de série A jogando com times de série B. Alegria de ver seu regresso espetacular para primeira divisão com o apoio e amor de milhões de torcedores.
Neste livro o autor tenta demonstrar em palavras toda emoção vivida e acompanhada ao longo dos anos de conquistas maravilhosas do Corinthians.
São momentos únicos e insubstituíveis que torcedores apaixonados guardam com muito carinho dentro de seus corações Alvinegros.







Várias goleadas históricas, vários fregueses inesquecíveis, várias emoções vividas. Corinthians Minha Paixão, Corinthians Minha História, Corinthians Minha Vida.
“Emoções de Um Corintiano” vale a pena ler