Escritor e Poeta Jean C. de Andrade

sábado, 20 de novembro de 2010

OS DONS DE DEUS


Um dia, um homem entrou numa loja e, estupefato, viu um anjo atrás do balcão.
Maravilhado com aquela visão, perguntou:
"- Anjo, o que vendes?"
O anjo respondeu:
"- Todos os dons de Deus."
O homem voltou a perguntar:
"- E custam caro?"
E a resposta do anjo foi:
"- Não. É de graça.. é só escolher."
O homem, todo feliz, olhou para toda a loja e viu jarras de vidro de fé, pacotes de sabedoria, caixas de felicidade...
Não estava acreditando que poderia adquirir tudo aquilo.
"- Por favor, embrulhe para mim, muito amor de Deus, bastante felicidade, abundante perdão d'Ele, amor ao próximo,
paciência, tolerância..."
O anjo anotou o pedido e foi separar os produtos.
Ao retornar, entregou-lhe vários pacotinhos, que cabiam na palma da mão do homem.
Espantado, ele indagou:
"- Como pode você me dar apenas esses pacotinhos?!
Eu quero levar uma grande quantidade dos dons de Deus."
O anjo respondeu:
"- Querido amigo, na loja de Deus nós não vendemos frutos. Apenas sementes."